Calçado de Segurança

Os calçados de segurança também podem ser chamados de bota de segurança, botina de segurança ou tênis de segurança, dependo de seu modelo. Este EPI é produzido com diferentes materiais, com destaque para o couro, borracha ou PVC. Os calçados de segurança protegem os pés do trabalhador dos riscos do ambiente. Seguindo as NBRs, que buscam garantir a qualidade, dividem-se em: Calçado de segurança - NBR ISO 20345:2008 – protege contra impactos no bico até 200 Joules e possui 15 kN de resistência à compressão do bico. Calçado de proteção - NBR ISO 20346:2008 - são contra impactos de 100 Joules e têm 10 kN de resistência. Calçados ocupacionais - NBR ISO 20347:2008 - são os que não têm proteção no bico, mas possuem pelo menos outro requisito para proteger o trabalhador. Além dos riscos, a escolha deve considerar também o conforto do usuário. No mercado, há variedade de materiais e de soluções. Já é possível o uso de materiais sintéticos na composição de cabedal, o que propicia um melhor custo do EPI. Como fazer uma boa seleção de calçados de segurança? Para se fazer uma boa seleção, deve-se escolher o calçado adequado conforme os riscos a que os trabalhadores estão submetidos. Um ponto que deve ser considerado na escolha é o piso, além da atividade a ser realizada pelo trabalhador. Outro quesito é o conforto. Não se deve esquecer ainda de verificar se o calçado possui CA (Certificado de Aprovação), emitido pelo Ministério do Trabalho e Emprego. O uso inadequado desse EPI pode causar não só acidentes de trabalho mas também doenças ocupacionais como infecções fúngicas.

Filtrar Solicitar Orçamento


Busca por nome da empresa ou produto:

Produzido por aFirma.cc