Protetor Respiratório

Os equipamentos de proteção respiratória são respiradores ou máscaras, que protegem os trabalhadores contra a inalação de contaminantes gerados por agentes químicos como poeiras, névoas, fumos, gases e vapores e também usados em caso de deficiência de oxigênio. As Normas Regulamentadoras 6 (EPIs) e 9 (PPRA) exigem que o respirador utilizado para proteção do usuário exposto aos riscos respiratórios seja o “adequado”. Para tanto, a escolha deve ser feita a partir do Fator de Proteção Atribuído. Esse parâmetro indica quantas vezes a concentração do agente químico no ar inspirado pelo usuário será menor que a do ar externo ao respirador. No entanto, a proteção só será satisfatória se os profissionais de segurança fizerem a seleção correta, e os trabalhadores durante o uso, seguirem todas as recomendações contidas na publicação da Fundacentro denominada “Programa de Proteção Respiratória”. Como fazer uma boa seleção? - A seleção do equipamento deve ser feita a partir do roteiro, que se encontra no item 4.2.2.2, da publicação da Fundacentro, Programa de Proteção Respiratória. Outra dica é o Manual de Proteção Respiratória, da ABHO, que apresenta um capítulo inteiro mostrando como resolver casos que vão desde a seleção de respirador para poeira de madeira, pintura tipo spray até para ambientes com deficiência de oxigênio.

Filtrar Solicitar Orçamento


Busca por nome da empresa ou produto:

Produzido por aFirma.cc